Laboratório de Quaternário e Tecnologia Lítica

O Laboratório de Quaternário e Tecnologia Lítica (LQTL) é uma unidade laboratorial do Museu de Arte Pré-Histórica de Mação que tem o seu programa e objectivos estruturados em articulação com os seguintes centros de investigação parceiros:

• Instituto Politécnico de Tomar
• Grupo de Quaternário e Pré-História do Centro de Geo - Ciências (uID 73-FCT)
• Centro Europeu de Investigação de Pré-História do Alto Ribatejo
• Centro de Interpretação de Arqueologia do Alto Ribatejo
• Instituto Terra e Memória
• Centro de Estudos Politécnicos de Mação :

Desenvolvendo as suas acções no Instituto Terra e Memória Para além dos projectos de investigação as actividades do Laboratório têm uma estreita articulação com os seguintes programas de formação académica:

• Mestrado em Arqueologia Pré-Histórica e Arte Rupestre 
• Mestrado em Técnicas de Arqueologia 
• Doutoramento em Quaternário Erasmus Mundus 
• Doutoramento Interuniversitário em Património 
.
Esta articulação com os alunos tem como principais objectivos integrar os alunos nas suas actividades de investigação científica e divulgação dos resultados daí decorrentes, bem como enquadrar e acompanhar aqueles cujos temas de tese e módulos de formação estejam no âmbito das áreas de estudo deste laboratório.

Assim o Laboratório está disponível para desenvolver actividades de pesquisa continuada e sistemática com todos os alunos interessados.

O Laboratório tem as suas actividades articuladas em áreas distintas:

• Estudar indústrias líticas numa perspectiva tecnológica;
• Estudo dos clastos de quartzito do Alto Ribatejo com vista a reconhecer macroscopicamente a sua variabilidade de forma a identificar processos de reconhecimento, selecção, aprovisionamento da matéria-prima na região;
• Registo gráfico e fotográfico de peças;
• Inventário das indústrias líticas das reservas do Museu
• Área de Geo-Arqueologia e matérias-primas
• Estudo de matérias-primas (rochas, minerais, sedimentos) do Alto Ribatejo com objectivo de reconhecer a sua dispersão.
• A Litoteca, cujo objectivo é elaborar uma colecção de referência de matéria-prima, rochas e minerais, que sirvam de apoio a estudos geo-arqueológicos. A Litoteca pretende ser um banco de dados simples, pouco complexo, com termos e campos acessíveis, de fácil actualização, de modo a que seja acessível a qualquer pessoa e que fique disponível, tanto para investigadores, como para actualizações permanentes.

• Trabalhos de Prospecção, Cartografia, Geologia, Geomorfologia, Sedimentologia, Estratigrafia, Petrografia, Mineralogia.
• Promover a experimentação como método de estudo de forma a elaborar progressivamente uma colecção de referência experimental, com o maior número possível de matérias-primas, para suporte de estudos tecnológicos e funcionais (traceologia) de indústrias líticas;

• Estudo de processos tecnológicos pré-históricos (gravura rupestre, polimento de machados, encabamento de elementos líticos, elaboração de artefactos em osso, etc)
• Experimentações em Tafonomia com o intuito de criar modelos tafonómicos de processamento humano, acção animal e modificações devido a processos/agentes pós-deposicionais;
• Preparar publicações e comunicações científicas dos estudos efectuados no quadro dos projectos de investigação em que o laboratório participa;
• Organizar acções de formação e encontros científicos nesta área e áreas adjacentes;
• Divulgar a progressão dos estudos e resultados, bem como as actividades promovidas pelo Laboratório
• Divulgar para o grande público a informação produzida dentro da unidade, através da articulação com os Serviços Educativos do Museu de Arte Pré-Histórica de Mação;
O laboratório funciona em permanência durante o horário oficial do Museu de Arte Pré-Histórica de mação, fora deste horário funciona de acordo com a presença dos seus investigadores responsáveis ou colaboradores aos quais foi autorizada a permanência.

Equipamentos :

• Equipamentos e materiais necessários para o desenho de indústrias líticas, bem como para desenho de campo;

• Equipamento necessário para a recolha de amostras sedimentares

• Um computador para arquivo geral de informação e uma impressora/fotocopiadora/scanner;

• Está disponível no laboratório uma pequena biblioteca especializada em indústrias líticas, Geo-arqueologia e de apoio à classificação de matérias-primas
• Uma mapoteca/cartoteca
• Litoteca (classificação macroscópica) que é uma combinação de amostras de rochas utilizadas como colecção de referência para a identificação de matérias-primas.
• Uma colecção de referência de arqueologia experimental focada na utilização de suportes em quartzito.
• 3 Microscópios