Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado do Vale do Tejo

 

REABERTURA DO MUSEU DE MAÇÃO

NORMAS TRANSITÓRIAS DE UTILIZAÇÃO 

 

O Museu de Mação irá reabrir, como anunciado, a partir do dia 18 de Maio, dia Internacional dos Museus.

A reabertura do Museu terá lugar num contexto de prudência, em que o valor da saúde e da dignidade da pessoa humana se articula, de forma plena, com o acesso à dimensão material do nosso património. Nunca como agora, foi possível perceber as enormes possibilidades de acesso à cultura e às raízes da nossa identidade através de recursos digitais, e o Museu de Mação também facultou alguns desses recursos. Mas todos percebemos que esse recurso não substitui a experiência de estar ao pé das coleções do Museu, aceder aos livros da sua biblioteca ou visitar os sítios e monumentos que ajudam a fazer de um território o “nosso” lugar.

Principios gerais

  • O primeiro objetivo do Museu, no processo de reabertura progressiva, é o de promover o maior acesso de todos às coleções e recursos que possui, incluindo a relação direta com a materialidade do património. Neste sentido, a visita à exposição permanente do museu e o acesso à sua biblioteca serão de novo possíveis, a partir do dia 18 de maio de 2020.
  • No entanto, atendendo à necessidade de manter medidas de segurança sanitária, tomando em consideração a estratégia geral prosseguida no Município, as normas do IPT para os espaços em que decorrem as suas atividades, e as recomendações da DGS, do ICOM, da APOM e da APBAD, o Museu continuará a priorizar atividades à distância, nelas se incluindo a produção de vídeos e outros materiais disponibilizados online, através do site http://museumacao.pt/ e da página https://www.facebook.com/Museu-de-Arte-Pr%C3%A9-Hist%C3%B3rica-e-do-Sagrado-no-Vale-do-Tejo-132823200121617/
  • Neste contexto, manter-se-ão suspensas, nesta primeira fase de reabertura, as visitas guiadas e as oficinas de experimentação. Estão em preparação procedimentos que permitirão, numa segunda fase, retomar as experimentações, em plena segurança.
  • É igualmente suspenso o livro de visitas, bem como o livro de reclamações físico, estando disponível o recurso online em https://www.livroreclamacoes.pt/inicio, e sendo igualmente aceites comentários no site e página acima referidos.
  • As medidas específicas indicadas em seguida entram em vigor no dia 18 de maio de 2020, mantendo-se em vigor pelo menos até ao dia 19 de junho, podendo, no entanto, ser total ou parcialmente revistas antes daquela data, se tal for considerado justificado no contexto municipal, das articulações em rede no âmbito do Médio Tejo ou de recomendações nacionais ou europeias.
  • Para assinalar o dia 18 de Maio, Dia Internacional dos Museus, será disponibilizado um vídeo reunindo olhares sobre o património de Mação, cruzado com patrimónios de outros locais e países, refletindo sobre como a dimensão imaterial do património se pode articular com a materialidade dos sítios, lugares e coleções, num caminho em que se constrói uma ideia de passado comum e se estrutura uma visão Humanista de futuro. Este projeto, que se torna possível pelo acolhimento em Mação de um largo número de estudantes internacionais que viveram a experiência de confinamento lado a lado com os maçaenses, será a contribuição de Mação para o tema escolhido pelo Conselho Internacional de Museus para este dia: “Museus para a Igualdade: diversidade e inclusão”.

Horários

Numa primeira fase, o Museu estará aberto ao público de 2ª a 6ª feira, das 9h30 às 12h30 e das 14h30 ás 17h.

As visitas deverão ser solicitadas antecipadamente, pedindo marcação através do email This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. ou do telefone nº 241571477. Os utilizadores deverão aguardar a resposta, confirmando a disponibilidade de dia e hora para a visita.

O museu poderá igualmente ser visitado aos sábados, dentro dos mesmos horários, por marcação prévia de, pelo menos, 72 horas.

 

Acesso à exposição permanente do Museu, no piso 1

  1. Será assegurada uma presença reduzida de visitantes da exposição permanente, que não poderão exceder sete pessoas em simultâneo. Este número aplica-se, também, a visitas de grupos, que não poderão aceder ao espaço em número superior a sete, devendo os demais integrantes e um grupo, se excederem esse número, aguardar a sua vez no exterior do edifício.
  2. A duração das visitas é limitada a 15 minutos.
  3. As visitas não serão guiadas, mas haverá um acolhimento inicial, com explicação genérica do percurso da exposição.

 

Acesso à sala de conferências do museu

  1. Mantêm-se suspensas as conferências presenciais nesta fase.
  2. A sala de aulas e conferências será reservada a encontros limitados de docentes com estudantes, nos termos do regulamento do Instituto Politécnico de Tomar que, aplicado a esse espaço, limita a sete o número máximo de utilizadores. Sempre que esta sala seja utilizada, mediante requisição prévia para o email This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it., as sessões não poderão ter duração superior a 90 minutos e os espaços e materiais utilizados deverão ser higienizados, pelos seus utilizadores, no final da sessão. Para o efeito, serão disponibilizados materiais na sala.

 

Normas gerais de segurança sanitária

  1. Todos os utilizadores do Museu deverão trazer colocadas máscaras e luvas de proteção sanitária. A necessidade de utilização de luvas deve-se ao facto de a exposição incluir uma réplica de arte rupestre que permite o toque, pelo que importa prevenir eventuais riscos de contágio nesse contexto.
  2. Os funcionários do Museu, que se encontram a trabalhar em espaços segmentados, com materiais de uso individualizado e mantendo o distanciamento social recomendado,  também utilizarão máscaras nas suas atividades quotidianas envolvendo outras pessoas, bem como luvas, quando manipularem coleções.
  3. O Município assegurou o reforço da limpeza e higienização durante os horários de abertura, nomeadamente de espaços comuns e de mesas, portas, puxadores, outros equipamentos, computadores de pesquisa, etc., bem como a disponibilização de solução de gel para higienização das mãos à entrada e à saída do Museu.
  4. No final de cada turno de funcionamento da sala de exposições, e sempre que ocorram visitas, o espaço será arejado através da abertura, por tempo limitado, da porta de emergência.
  5. O percurso acessível aos utilizadores externos ao museu é assinalado no chão, sendo vedados os acessos à zona de trabalhos técnicos e aos demais pisos do Museu.
  6. O acesso aos WC é desaconselhado, implicando, em caso de necessidade, a imediata higienização após utilização por um visitante, mantendo-se inacessível a outros utilizadores até que a mesma seja completada.

 

Acesso à Biblioteca especializada

 

A Biblioteca do Museu de Mação reabrirá no dia 18 de maio de 2020, Dia Internacional dos Museus.

A reabertura permitirá o acesso pleno ao acervo, que é um dos mais importantes a nível nacional nas suas áreas de especialidade, mas obedecerá a condicionantes de segurança sanitária, seguindo as orientações da Direção-Geral de Saúde, do Município, do Instituto Politécnico de Tomar e da Associação Portuguesa de Bibliotecários e Arquivistas.

Neste contexto, serão implementadas as seguintes normas, até eventual revisão das mesmas:

  1. Todas as normas gerais de utilização do Museu, acima descritas, são aplicáveis à utilização da biblioteca, incluindo as normas gerais de segurança sanitária, nomeadamente o uso obrigatório de máscara e luvas. Reitera-se que é obrigatória a higienização das mãos com solução antissética de base alcoólica, disponibilizada no local, à entrada e à saída das instalações e que, sempre que o leitor se ausente temporariamente, quando regressar deve voltar a desinfetar as mãos com solução alcoólica, disponibilizada para o efeito.
  2. A Biblioteca funcionará em dois turnos diários, de 2ª feira a 6ª feira, mediante pedido prévio de marcação de vaga, através do email This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. ou do telefone nº 241571477. Os utilizadores deverão aguardar a resposta, confirmando a disponibilidade de dia e hora para a visita.
  3. O acesso às estantes deixará, temporariamente, de ser livre, pelo que os pedidos das obras deverão ser dirigidos aos funcionários presentes. Para o efeito, sugere-se a consulta antecipada do catálogo, que será disponibilizado no site do Museu: http://museumacao.pt/. Os interessados deverão, quando solicitarem a marcação do acesso á biblioteca, indicar as obras que são do seu interesse, sem prejuízo de, durante a utilização, poderem requisitar outras.
  4. Após a consulta das obras, estas deverão ser deixadas pelos utilizadores nas mesas de consulta. Depois de consultadas, as obras ficarão sujeitas a um período de quarentena assegurado pela Biblioteca.
  5. Os turnos funcionarão das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h00. O acesso a consulta presencial será limitado a um máximo de 2 utilizadores por turno.
  6. Os utilizadores da biblioteca registados no Instituto Politécnico de Tomar manterão a possibilidade de requisição temporária de até 3 obras não sujeitas a restrição, por períodos de 48 horas.
  7. Não serão permitidos, durante a atual fase de acesso com restrições:
    1. A realização de trabalhos de grupo;
    2. A realização de fotocópias;
    3. A entrada de livros ou outra documentação privada na sala de leitura, sendo, no entanto, permitida a entrada de cadernos de apontamentos, de tablets ou de computadores portáteis;

 

AGRADECIMENTO

Agradecemos antecipadamente aos utilizadores do Museu a melhor compreensão e o cumprimento das novas regras de acesso acima definidas, na certeza de que o empenho em assegurar o máximo acesso aos recursos do Museu com a máxima segurança em termos de saúde é um objetivo que nos une a todos.

Neste sentido, agradecemos também que não se dirijam às instalações sem marcação prévia, uma vez que nãos será possível ultrapassar os limites de número simultâneo de utilizadores, e no sentido de evitar que tenham de aguardar vaga no exterior do edifício.

 

 

Mação, 12 de maio de 2020

 

 

 

Onde estamos

 

  • Largo Infante D. Henrique, 6120-750 Mação
  • Tel: 241 571 477
  • Email: museu@cm-macao.pt 
  • Coordenadas GPS: 39º33’25,33’’N ; 7º59’35,34’’W

COVID-19

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…